Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > ALAGOAS

Pescador que caiu de embarcação há 4 dias sumiu a 20 km da costa

Homem saiu de Jequiá da Praia, mas desapareceu próximo à Piaçabuçu na madrugada de domingo (19)


				
					Pescador que caiu de embarcação há 4 dias sumiu a 20 km da costa
Pescador está desaparecido.. Divulgação/ TV Gazeta

O pescador que caiu de uma embarcação no litoral alagoano desapareceu a 22 km da costa de Piaçabuçu, no extremo sul de Alagoas. Ele sumiu na madrugada de domingo (19), quando saiu para pescar do porto de Duas Barras, em Jequiá da Praia.

Segundo a Marinha do Brasil, as buscas começaram no dia 20 de maio, quando foi informada do desaparecimento. Segundo o órgão, o pescador sumiu a 12 milhas náuticas.

Leia também

"De imediato, a MB iniciou uma Operação de Busca e Salvamento coordenada pelo Salvamar Nordeste, com a participação da Capitania dos Portos de Alagoas e o emprego do Navio-Patrulha ‘‘Guaíba’’, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste", informou a Marinha do Brasil.

Em paralelo a essa ação, a Marinha disse que emitiu aviso aos navegantes e realizou contato com a comunidade marítima para alertar as embarcações que navegam em áreas próximas ao desaparecimento.

Segundo a TV Gazeta, o pescador foi identificado como Nego. Ele tinha saído para pescar com um grupo de colegas em Jequiá da Praia, que voltou para casa, mas ele decidiu continuar.

Em entrevista à TV Gazeta, o pescador João Moreira, que havia estado na embarcação horas antes, disse que foi acordado de madrugada, sendo informado do sumiço de Nego e saiu com os amigos em busca do homem. Mas, como não tiveram sucesso, voltaram para casa e comunicaram às autoridades sobre o desaparecimento.

Nessa terça-feira (21), as buscas começaram a ser realizadas pelo Comando de aviação do estado de Alagoas (Comave), vinculado à Secretaria de Segurança Pública (SSP).

O Comave sobrevoou em alto-mar para tentar localizar o pescador, após solicitação da Capitania dos Portos.

No entanto, três dias após o sumiço, ele não foi encontrado.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas