Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > ALAGOAS

Homem morto a tiros dentro de casa teve o filho assassinado há 3 meses

No atentado, uma criança de seis anos foi atingida, mas sobreviveu e está no Hospital Geral do Estado


				
					Homem morto a tiros dentro de casa teve o filho assassinado há 3 meses
João Barbosa da Silva Neto foi morto dentro de casa.. Assessoria

João Barbosa da Silva Neto, de 49 anos, que foi morto o a tiros dentro de casa, no bairro do Pontal da Barra, em Maceió, na madrugada desta segunda-feira (27), teve o filho de 23 assassinado há cerca de três meses. A informação é da Polícia Civil de Alagoas.

Na ocasião, ele foi baleado, além de um segundo filho, de 25 anos, e o neto, que é uma criança de seis anos. A Polícia Civil informou que, a princípio, uma pessoa teria participado do crime, mas não está descartada que mais integrantes tenham cometido o atentado.

Leia também

A criança foi atingida na perna e no abdômen e foi socorrida para o Hospital Geral do Estado (HGE), assim como o filho de João Barbosa. Os dois sobreviveram. O homem, no entanto, não resistiu aos ferimentos. A mulher de João Barbosa estava na residência e presenciou o crime, mas não foi atingida.

Segundo o delegado Daniel Mayer, que acompanha o caso, a principal hipótese levantada pela polícia no momento é que os crimes estejam relacionados ao tráfico de drogas.

De acordo com as investigações policiais, o jovem morto em fevereiro deste ano, identificado apenas como Moisés, tinha envolvimento com o tráfico.

"De uma mesma família foram quatro vítimas: duas de homicídio consumado e duas de tentado. Há três meses faleceu Moisés, que tinha relação direta com o tráfico, segundo informações de inteligência indicavam. E, na madrugada de ontem para hoje, por volta das 1h30 a 2h da madrugada, foi mais uma vítima de 49 anos, sem relação direta com o tráfico, aparentemente. Porém, outro filho dele, ontem, também foi vítima da tentativa", explica o delegado.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas