Podcast

Podcast gazeta

Despertar com Deus - 03 de dezembro de 2021

Seu momento de reflexão na palavra de Deus com o Diacono Andre Soares!

ÚLTIMOS EPISÓDIOS

19min
PODCAST GAZETA | 27 de Julho de 2022 às 10:03

Alagoas registrou, em 2021, mais de 3 mil acidentes de trabalho, um aumento de aproximadamente 20% em relação a 2020

Dia 27 de julho é o Dia Nacional de Prevenção aos acidentes de trabalho. O acidente de trabalho é aquele que ocorre durante o serviço ou no trajeto entre a residência e o local de trabalho, provocando lesão corporal ou perturbação funcional, levando a perda ou redução da capacidade para o trabalho e até a morte. Além disso, as doenças ocupacionais também podem ser enquadradas nessa categoria. Como consequência disso, o funcionário pode ser afastado temporariamente pela incapacidade de continuar desempenhando suas tarefas diárias.

9min
PODCAST GAZETA | 26 de Julho de 2022 às 10:54

Doenças pneumocócicas têm origem bacteriana e são responsáveis por mais de 70 mil mortes de idosos por ano no Brasil

As doenças pneumocócicas costumam ser prevalentes na população, pois muitas pessoas saudáveis carregam o microrganismo causador nas mucosas do nariz e da garganta. No entanto, é preciso ficar atento às complicações que essas patologias podem gerar. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 1,6 milhão de pessoas morrem por ano por causa das doenças pneumocócicas.

7min
PODCAST GAZETA | 26 de Julho de 2022 às 10:08

Fábio Ferrario defende Justiça mais célere e próxima da população; ele assume a vaga desembargador do TJ de Alagoas

Ao tomar posse no Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), nesta segunda (25), o desembargador Fábio Costa de Almeida Ferrario reforçou a importância de um Judiciário mais célere e próximo da população. "É tempo de avançar em todos os aspectos para tornar a prestação jurisdicional mais célere. A morosidade não deve ter mais residência no âmbito do Judiciário", afirmou.

13min
PODCAST GAZETA | 26 de Julho de 2022 às 10:06

Maus tratos a animais pode levar até cinco anos de prisão

Maltratar animais, sejam eles domésticos, domesticados ou silvestres, é crime desde 1998, com detenção de 3 meses a 1 ano. Recentemente a Lei 14.064/2020 que determina a pena de quem comete maus-tratos a animais, aumentou, agora prevê até 5 anos de prisão, multa e proibição da guarda. Caso o crime resulte na morte do animal ou para casos de zoofilia, a pena pode ser aumentada em até 1/3.