Twitter anuncia medidas para vetar ameaça de violência, ódio e terrorismo

Rede social informa que proibirá conta de quem violar novas regras. Decisão ocorre após pressões dos Estados Unidos e da França

O Twitter anunciou na última terça-feira (29) que dará novos passos para impedir o comportamento abusivo e a conduta de ódio na rede social.
A medida foi anunciada enquanto as redes sociais enfrentam pressões dos Estados Unidos e outros governos depois dos ataques em Paris e na Califórnia, para que se tente eliminar as incitações ao ódio e atos de violência.
As novas regras estabelecem que os usuários do Twitter "não podem fazer ameaças de violência ou promover a violência, incluindo ameaças ou promoção do terrorismo", afirmou a diretora de segurança e confiança online da rede social, Megan Cristina.
O Twitter informa que proibirá as contas de pessoas que tiverem um comportamento que violem essas regras.