Lula é aconselhado a falar sobre colapso e vir a Maceió

Orientação de assessores é para que o presidente acompanhe de perto o maior desastre ambiental em área urbana do Brasil

O presidente Lula (PT) deve se pronunciar, neste sábado (2), sobre o risco iminente de colapso da mina monitorada pela Braskem, no Mutange, em Maceió. O petista está em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, participando da COP-28 (Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2023). Ele também deve anunciar sua vinda para a capital alagoana, segundo o jornalista Ricardo Noblat, colunista do site Metrópoles, parceiro do Portal GazetaWeb.

Lula foi aconselhado a mostrar preocupação com a situação, que já deixou 55 mil pessoas sem moradia na região da Lagoa Mundaú. O presidente também deve afirmar que vai à região conversar com o governador de Alagoas, Paulo Dantas (MDB), para ações concretas.

Participando de um evento sobre o clima internacional, a preocupação de auxiliares é que Lula pareça indiferente com o evento em Maceió, segundo Noblat. O colapso já é considerado por especialistas como o maior desastre ambiental em área urbana na história do Brasil.

O presidente em exercício, Geraldo Alckmin (PSB), vai na terça-feira (5) ao Estado. Não está previsto ainda, mas ele deve visitar a área de monitoramento com os ministros Waldez Góes (Integração Regional), Welington Dias (Desenvolvimento Social) e Renan Filho (Transportes).

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p