Covid: Câmara de Maceió altera solenidade e posse de eleitos será 100% virtual

Mudança no formato, que antes seria híbrido, atende ao pedido feito pela 15ª Promotoria de Justiça da Capital

Por conta do aumento no número de casos da Covid-19, a cerimônia de posse do prefeito eleito de Maceió, JHC (PSB), e dos vereadores será 100% virtual. A solenidade acontecerá às 16h do dia 1° de janeiro e será feita por meio do aplicativo Zoom.
A mudança no formato, que antes seria híbrido, atende ao pedido feito pela 15ª Promotoria de Justiça da Capital.
Em nota, a Câmara de Vereadores de Maceió informou que o ato normatizando a cerimônia foi publicado em edição suplementar do Diário Oficial do Município desta quarta-feira (30). 
Segundo a assessoria de imprensa da Câmara de Maceió, a preocupação é com o crescente número de pessoas infectadas pelo novo Coronavírus em todo o País, e particularmente em Alagoas e Maceió.
Os empossados irão participar da cerimônia de modo remoto e encaminharão, até a tarde do dia 1° de janeiro, a documentação necessária. O termo de posse, devidamente assinado, deverá ser entregue até o final da solenidade. As autoridades que têm interesse em participar devem solicitar liberação do link, através do e-mail institucional da Casa, e a sociedade civil poderá acompanhar a sessão solene através do portal da Câmara Municipal de Maceió ou em seu canal do Youtube.
SOLENIDADE
Baseado nos artigos 4º e 5º do Regimento Interno da Câmara, a solenidade será conduzida pelo atual presidente, o vereador Kelmann Vieira (Podemos). Os trabalhos serão secretariados por um vereador reeleito que seja de partido diferente do presidente e que componha a mesma da Legislatura anterior.
Finalizada a posse dos vereadores, é iniciada a do prefeito e vice-prefeito eleitos, que seguem a mesma sequência de rito.
MESA DIRETORA
Ao fim da cerimônia de posse, será respeitado o intervalo definido na legislação para que em sequência, os vereadores possam se reunir, também de forma virtual, para realizar a eleição da nova composição da Mesa Diretora que comandará o Legislativo municipal durante o biênio 2021-2022.
O Ato publicado no DOM, em seu artigo 6º, frisa que as normas da eleição da mesa seguirão as determinações previstas nos artigos 38 e 39 do Regimento Interno. Em sua 22ª Legislatura, a Casa Mário de Guimarães contará com 25 vereadores, quatro parlamentares a mais do que a passada.