Após servidores públicos denunciarem pressões eleitorais, Cabo Bebeto ressalta que o "voto é secreto”

Parlamentar afirmou que os denunciantes relataram que estão sendo obrigados a adesivar seus veículos, participar de eventos e comentar em redes sociais

Por meio das redes sociais, nesta quinta-feira (22), o deputado estadual e candidato a reeleição Cabo Bebeto (PL) falou sobre a pressão que servidores públicos estaduais e municipais estão sofrendo por causa das eleições.

Segundo o parlamentar, os denunciantes afirmaram que estão sendo obrigados a adesivar seus veículos particulares, participar de eventos e a fazer postagens e comentários em redes sociais, elogiando ou enaltecendo o trabalho de determinados candidatos.

Bebeto lembrou ainda que o voto é secreto e que é esse tipo de política que temos que exterminar de Alagoas e do Brasil. “O dia está chegando e o cidadão poderá se ver livre dessa gente que ameaça fisicamente e psicologicamente, pois ameaça seu emprego e dele você tira sua sobrevivência", disse.

Ele ressaltou que, em 2 de outubro, dia em que ocorre o primeiro turno das eleições, o alagoano "vai mostrar qual é a política que ele quer para Alagoas e para o Brasil."

*com informações da assessoria.