VÍDEO: Imagens flagram advogado reagindo a assalto e matando acusado

OAB afirma que não tem dúvidas de que João Neto agiu em legítima defesa

Um advogado reagiu a um assalto, no último fim de semana, após acusados invadirem seu estabelecimento comercial no bairro do Santos Dumont, na parte alta de Maceió. Ao ver um dos criminosos disparando em direção ao funcionário, João Neto, que estava no caixa, sacou a arma de fogo e atirou, matando um deles.
Imagens da câmera de segurança mostram o momento em que os assaltantes invadem o ponto comercial. 
Segundo a assessoria de comunicação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AL), no mesmo dia da ocorrência, a Diretoria de Prerrogativas e a Comissão da Advocacia Criminal acompanharam o advogado até a delegacia para registrar o boletim de ocorrência do caso.
O secretário-geral da OAB, Leonardo Moraes, informou à Gazetaweb que as imagens não deixam dúvidas que o advogado João Neto reagiu em legítima defesa. "O caso continuará sendo acompanhado pela OAB. Não há dúvida sobre o que aconteceu. A investigação deve ser aberta, mas está claro que ele agiu em legítima defesa", explica Moraes.
"Esse caso aconteceu no sábado à noite, quando dois homens tentaram assaltar o estabelecimento e atiraram contra um funcionário. Ele puxou a arma de fogo e efetuou os disparos agindo em legitima defesa. Um assaltante morreu e outro fugiu. Logo após o fato procuraram a OAB", finaliza Leonardo Moraes.