Vara da Infância fará busca ativa de parentes de bebê abandonado no Benedito Bentes

Recém-nascido recebeu alta do Hospital da Mulher e foi levado para o Lar de Amparo a Criança para Adoção (Laca), no Feitosa

Equipes da Vara da Infância e da Juventude vão iniciar o processo de busca ativa aos familiares do recém-nascido que foi deixado em uma caixa de sapato no início da semana, na Grota da Alegria, no bairro Benedito Bentes, em Maceió. O bebê recebeu alta do Hospital da Mulher e foi levado para o Lar de Amparo a Criança para Adoção (Laca), no Feitosa.

A juíza Fátima Pirauá, responsável pela análise de casos desta natureza, explicou que o próximo passo é encontrar os parentes do menino, para que seja verificada a possibilidade de repassar a guarda. A prioridade, segundo ela, é manter os laços afetivos da família.

Se ninguém mais próximo for localizado, a Justiça vai autorizar o processo de adoção. “Todas as etapas ocorrem o mais rápido possível, dada a necessidade de acolhimento e vulnerabilidade do recém-nascido”, explicou Pirauá.

Segundo o Conselho Tutelar da região, o bebê foi deixado à porta de uma residência, enrolado em um lençol e com duas fraldas.

De acordo com informações do Conselho Tutelar, uma mulher achou o recém-nascido e o levou para o 5º Batalhão da Polícia Militar, que acionou o conselho.

O abandono está sendo investigado pela Delegacia dos Crimes contra a Criança e o Adolescente. A polícia tenta identificar os pais para que possam ser ouvidos.