PM prende 2 homens e apreende 1 menor suspeitos de matar filho de major da PM; ordem partiu de traficante

Investigações apontam que o jovem foi morto porque denunciou um caso de violência doméstica praticada por um morador da região

A Polícia Militar (PM) prendeu dois adultos e apreendeu um menor, em flagrante, nesta sexta-feira (17), suspeitos do assassinato do jovem Ygor Lutuan Pontes de Araújo, de 29 anos, ocorrido na noite da quarta-feira (15). Ele era filho de um major da Polícia Militar de Alagoas (PM/AL).

A vítima foi atingida por cinco disparos de revólver, quando se encontrava perto de sua residência, na Rua do Cajueiro, no bairro do Vergel do Lago.

De acordo com a delegada Rosimeire Vieira, que preside as investigações, os supostos envolvidos foram detidos por policiais militares, no Vergel do Lago, e levados para a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde foram autuados pelo delegado plantonista, Antônio Henrique.

As investigações apontam que o jovem foi morto, porque denunciou um caso de violência doméstica praticada por um morador da região.

Insatisfeito, o homem denunciado resolveu matar o filho do major PM e, para isso, chegou a pedir permissão a uma pessoa que comanda o tráfico de drogas no local.

Na noite da quarta-feira, por volta das 23h, Ygor Lutuan estava perto de casa quando um jovem e um adolescente saíram de uma viela, se aproximaram, perguntaram as horas e retornaram para o “beco”.

Desconfiado, o jovem foi até a entrada da viela, quando foi atingido por vários tiros. Ygor morreu no local.

A delegada Rosimeire Vieira informou que as investigações vão continuar, inclusive para identificar o traficante que teria autorizado a execução do filho do major da PM.

Os dois acusados adultos serão levados para o sistema prisional, enquanto o menor irá para a Unidade de Internação Masculina (UIM) de Maceió.