Homem de São Paulo é preso em Maceió após viajar para perseguir pastora

Suspeito tem cerca de 50 anos e veio para o estado pela segunda vez para casar com a vítima; os dois nunca tiveram nenhum contato direto

Um homem foi preso pela Polícia Civil (PC) após perseguir uma pastora e tentar invadir a casa de parente da vítima. Segundo a PC, o suspeito é do estado de São Paulo e quer casar com a religiosa, que tem um perfil ativo nas redes sociais, com mais de 1 milhão de seguidores. O caso foi registrado nessa quinta-feria (13). Já é a segunda vez que o homem vem à cidade em busca da vítima.

Segundo o delegado Vinícius Ferrari, plantonista na Central de Flagrantes, a primeira vez que o homem viajou para Maceió, no ano passado, ele chegou a contratar um buffet, supostamente para o casamento. No entanto, nunca houve contato direto entre o suspeito e a vítima, virtual ou físico.

Desta vez, o homem encontrou o endereço de uma prima da pastora e forçou o portão dela para invadir a casa. A família conteve a situação e chamou a polícia, que conduziu o invasor à Central de Flagrantes I. Ele foi autuado por perseguição e invasão de domicilio. Ainda segundo o delegado, o suspeito está na cidade com apenas três malas e seus documentos pessoais.

Ele será submetido a uma audiência de custódia, quando será decidido em juízo o que deve ser feito legalmente com o homem. "Talvez o juiz peça algum exame psicológico para avalia-lo. Ele ainda acredita que está sendo vitima de alguma pegadinha. É um caso inusitado que está causando enorme transtorno à vitima", conta o delegado.