Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > POLÍCIA

Esposa do crime: veja como mulheres ajudavam maridos a liderar facções em AL

Polícia informou que, com os companheiros presos, elas viram porta-vozes deles


				
					Esposa do crime: veja como mulheres ajudavam maridos a liderar facções em AL
Membros da Segurança Pública detalharam a operação. : Assessoria

Presas nesta quinta-feira (13), durante uma operação contra o tráfico de drogas, três mulheres são apontadas pela polícia como “ajudantes” dos companheiros e familiares na liderança de uma facção criminosa, que, segundo as autoridades, atuavam nos bairros Benedito Bentes e Jacintinho, em Maceió, e nas cidades de Arapiraca e São Miguel dos Campos, em Alagoas.

As companheiras foram alvos da Operação Horizon, que saiu às ruas para cumprir 15 mandados de prisão e 16 de busca e apreensão. Destes, oitos de prisão foram cumpridos, entre eles, os de três mulheres. Horizon faz referência a uma rua no Benedito Bentes, onde a maioria dos presos morava, inclusive as esposas.

Leia também

Uma dessas mulheres é uma jovem de 19 anos. De acordo com a polícia, com os homens presos, elas viram porta-vozes deles, pois recebiam as instruções durante visitas e depois repassavam.

A promotora de Justiça Martha Bueno, que é titular da 65ª Promotoria de Justiça de capital (de combate ao tráfico de entorpecentes), explicou que a ação poderia se chamar “Operação Família”, já que os envolvidos todos possuem algum parentesco.

A investigação se deu também em outras duas cidades do estado. Isso porque, a medida em que os criminosos se mudavam, levavam os negócios para o novo endereço.

Com as prisões, o delegado Gustavo Henrique, que é chefe da inteligência da Segurança Pública de Alagoas, disse acreditar que a comunicação com o meio externo ficará interrompida, já que todos estão presos agora. O delegado afirmou ainda que pediu que eles sejam isolados no presídio.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas

X