Papa Francisco é presenteado com camisa do PSG autografada por Messi

Presente foi dado pelo primeiro-ministro francês, Jean Castex, que visitou o Vaticano

O primeiro-ministro francês, Jean Castex, visitou o Vaticano e entregou ao papa Francisco uma camisa do Paris Saint-Germain assinada por Lionel Messi.


No encontro, que durou pouco mais de meia hora, Castex, como de costume nestes casos, levou presentes ao pontífice. Um, mais tradicional: uma edição de 1836 de 'Notre-Dame de Paris', o romance clássico de Victor Hugo. E outro mais surpreendente, a camisa do PSG de Messi assinada pelo atacante.


O papa é declaradamente fã de futebol, como a maioria dos argentinos, sendo torcedor do San Lorenzo. Além disso, o pontífice já declarou que Messi foi o melhor jogador que já viu.


O líder político francês viajou ao Vaticano para se encontrar com o Papa Francisco por ocasião das comemorações do centenário do restabelecimento das relações diplomáticas entre a França e a Santa Sé.


Agora, no museu pessoal do Vaticano, o papa Francisco tem a atual camisa de Messi emoldurada e autografada.