Mortes por covid-19 batem recorde na Índia; estados impõem lockdowns

Ministério da Saúde registrou 4.187 óbitos nas últimas 24 horas

A Índia registrou neste sábado (8) o maior número de mortes em um único dia por covid-19, com casos continuando a crescer e os estados adotam lockdowns mais rígidos.

O ministério da Saúde da Índia registrou 4.187 mortes nas últimas 24 horas, chegando a um total próximo de 240 mil. O Instituto de Métricas e Avaliação de Saúde estima que a Índia terá um milhão de mortes por covid-19 até agosto.

Os casos subiram a 401.078 neste sábado, levando o total desde o começo da pandemia a 21,9 milhões.

Especialistas médicos dizem que os verdadeiros números de casos e mortes por covid-19 devem ser muito mais altos do que as contagens oficiais.

O Estado de Tamil Nadu, conhecido pelas suas fábricas automotivas como da BMW, Daimler ( Hyundai, Ford, Nissan e Renault ), afirmou que passaria de um lockdown parcial a um completo na segunda-feira (10), fechando o transporte público e lojas estatais de venda de álcool.

O vizinho Karnataka estendeu um fechamento total na noite de sexta-feira (7). A capital do Estado, Bengaluru, é um grande polo tecnológico, sede de escritórios de empresas como Google, Amazon e Cisco.

A Índia ainda não impôs um bloqueio nacional como fez durante sua primeira onda no ano passado, mas cerca de metade de todos os seus estados impôs um bloqueio total. O resto está em desligamento parcial.