Morre Peebles, aos 22 anos, a cachorrinha mais velha do mundo

A toy fox terrier tinha 22 anos e 6 meses. Ela nasceu em 28 de março de 2000. A notícia da morte foi dada por seus tutores, Bobby e Julie

Morreu, nessa segunda-feira (3/10), a cachorrinha Peebles, que entrou para o Guinness World Records em maio deste ano como a cadela mais velha do mundo.

A toy fox terrier tinha 22 anos e 6 meses. Ela nasceu em 28 de março de 2000. A notícia da morte foi dada por seus tutores, Bobby e Julie Gregory.

“Peebles, dona do recorde mundial de cachorrinha mais velha do mundo, infelizmente faleceu na segunda-feira, dia 3 de outubro de 2022, às 8h16 da manhã. Peebles faleceu de causas naturais pacificamente em sua casa e cercada por sua família”, inicia o comunicado.

“Pebbles nasceu no dia 28 de março de 2000, em Long Island, Nova York. Viveu uma vida longa e feliz, cheia de amor. Em 2007 sua família mudou-se para Taylors, na Carolina do Sul, onde ela passou o resto de sua vida”, continua.

O comunicado ainda diz que a cadela teve “32 filhotes em sua vida com seu parceiro Rocky, que morreu em 2016”. “Ela passava seus dias curtindo música country e sendo amada. Ela gostava de experimentar novos alimentos, ela era mimada e, acima de tudo, ela era amada”, completa.

“Nunca houve ninguém que conheceu Pebbles que não a amasse. Ela fará muita falta. Obrigada a todos por seu amor e apoio a Pebbles ao longo de sua vida e sua jornada. Ela estará para sempre em nossos corações”, finaliza a nota de pesar.