México volta a exigir visto de brasileiros diante de crise migratória na fronteira

Anteprojeto foi publicado nessa quinta-feira no site da Comissão Nacional de Melhora Regulatória

O governo do México voltará a exigir visto para cidadãos brasileiros que queiram entrar no país como visitante. A decisão foi tomada em razão do elevado número de brasileiros que vão ao México para tentar entrar nos Estados Unidos de forma irregular. Nos últimos 12 meses, cerca de 46 mil brasileiros foram detidos na fronteira.

A medida consta em um anteprojeto publicado nessa quinta-feira (14/10) pela Comissão Nacional de Melhora Regulatória (Cofemer, na sigla em espanhol).

A Cofemer é responsável por supervisionar o desenho dos novos regulamentos. Os anteprojetos são publicados, nesse primeiro momento, no site da comissão para receberem sugestões de outras autoridades e do público em geral para, em seguida, irem ao Diário Oficial.

O governo mexicano determinou que a exigência de visto aos brasileiros será temporária. Ainda não se sabe, no entanto, quando as novas regras entrarão em vigor.

“O Ministério das Relações Exteriores do México, nos termos da regulamentação aplicável, realizará ações conjuntas com o governo da República Federativa do Brasil para garantir fluxos migratórios seguros, ordeiros e regulares que permitam, em devido tempo, reativar a extinção do visto”, assinala o texto.

Atualmente, cidadãos brasileiros precisam apenas do passaporte para entrar no México a turismo ou negócios.