Ex-presidente de Israel Shimon Peres volta a ser internado

Nobel da Paz de 92 anos sentiu dores no peito e de teve arritmia

O ex-presidente israelense e Prêmio Nobel da Paz Shimon Peres, de 92 anos, foi hospitalizado neste domingo (24), depois de sentir dores no peito e de uma "arritmia", declarou uma porta-voz.
Peres passará a noite internado em Tel-Aviv "sob observação e para fazer exames", acrescentou a assessora do ex-presidente, em um comunicado.
Na última terça-feira, Shimon Peres deixou o hospital, após ficar internado por cinco dias por um problema no coração.
Peres, um dos artífices dos acordos de paz de Oslo de 1993, recebeu o Nobel da Paz um ano depois, junto ao ex-primeiro-ministro israelense Yitzhak Rabin e o ex-presidente palestino, Yasser Arafat, ambos falecidos.
Último político em vida da geração dos pais fundadores de Israel, Peres, ministro e chefe de governo em várias ocasiões, foi presidente do Estado de Israel entre 2007 e 2014.
Aos 92 anos, continua muito ativo principalmente através de seu Centro Peres pela Paz, que promove a coexistência entre judeus e árabes.