Esquilos 'esparramados' intrigam população de Nova York

Departamento de parques da cidade avisou que prática, chamada de 'splooting' em inglês, é comum nesse período do ano e não sinaliza que animais estão passando mal

Em meio a uma onda de calor nos EUA, os esquilos "esparramados" pelos parques de Nova York, com barriga para baixo e as patas estendidas, intrigaram a população sobre o estado de saúde dos animais.

As cenas recorrentes levaram a prefeitura a acalmar os frequentadores. "Se você vir um esquilo deitando dessa forma, não se preocupe; está tudo bem", escreveu o departamento de parques da cidade, no Twitter.

Como a prefeitura de Nova York relatou, em dias quentes é comum que os animais se estiquem assim, em cima de superfícies frias, para reduzir o calor do corpo. A prática é chamada de "sploot" em inglês, e não tem equivalente em português.

A publicação, com 13 mil curtidas e centenas de respostas de pessoas com relatos de que seus gatos, cachorros e até falcões têm o mesmo hábito.

Entre donos exibindo a lindeza do "sploot" de seus bichinhos, também tiveram seres humanos que se inspiraram no movimento.

Na rede de notícias "Spectrum News NY1", o apresentador Pat Kiernan tentou fazer sua parte, mas não mostrou o mesmo alongamento.

Como é verão nos EUA, relatos como esses se repetem em diversas regiões do país. Poucos dias antes da prática viralizar em NY, o Serviço Nacional de Parques, do governo dos EUA, também anunciava o início da temporada de "sploot".