Sede do Biota é arrombada e furtada pela terceira vez em Guaxuma

Último crime foi registrado nesse sábado (6), segundo informou o presidente da associação, Bruno Stefanis

A sede do Instituto Biota de Conservação, em Guaxuma, Litoral Norte de Maceió, foi arrombada e furtada pela terceira vez, sendo o último crime registrado nesse sábado (6), segundo informou o presidente da associação, Bruno Stefanis.

“Desde que nos estabelecemos em Guaxuma, já fomos furtados três vezes. Duas vezes só neste mês: dia 1° e no último sábado, 6. Foram levados vários equipamentos essenciais para a nossa atividade. Também foram furtados fios de nossa sede, que está em obra”, relatou Bruno nas redes sociais.

Ainda segundo Bruno, os criminosos podem ter se aproveitado que o local ainda está em construção para cometer o crime.

Sede foi revirada pelos criminosos - Foto: Biota

“Não estamos ocupando a sede plenamente, porém, estamos indo sempre lá, fazendo a manutenção e monitoramento do local. Já realizamos o Boletim de Ocorrência dos arrombamentos, e, também, solicitamos à associação do bairro de Guaxuma acesso às câmeras de segurança para identificar os autores, para que assim sejam tomadas as providências e que isso não venha a se repetir”, falou.

Foram levados da sede uma televisão, lavadora, projetor multimídia, cabos, mangueira, jogo de ferramentas e um botijão de gás.

Toda a sede foi revirada pelos criminosos. O primeiro crime, segundo Bruno Stefanis, foi registrado em maio deste ano.