Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > MACEIÓ

Secretaria aciona a Infraero após novo conflito entre Uber e taxistas

Impasse entre motoristas no Aeroporto Zumbi dos Palmares resultou em mais um ato de agressão nessa quinta-feira

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Hélder Lima, solicitou, nesta sexta-feira (9), que a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) dispense especial atenção à recorrente disputa entre os permissionários que exploram o transporte de táxi no aeroporto Zumbi dos Palmares e os motoristas que utilizam o aplicativo Uber. Esta semana, a via que dá acesso ao aeroporto chegou a ser bloqueada pelos taxistas ,que forçaram os passageiros a caminhar, além do que deveriam, até um veículo cujo proprietário aderiu ao aplicativo.

De acordo com a assessoria da Sedetur, na reunião com representantes da Infraero, o secretário apresentou o caso registrado à porta do aeroporto. Segundo a secretaria, é de interesse da pasta buscar, em tempo hábil, uma solução ao impasse. Isso porque, com a chegada das festas de final de ano, a expectativa é a de que a movimentação no aeroporto supere aquela registrada em outros réveillons.

Leia também

Na oportunidade, a Sedetur também frisou não estar autorizada a intervir, já que a área de conflito é de responsabilidade da Infraero, destacando, ainda, a necessidade de ações também por parte da Superintendência de Transportes e Trânsito (SMTT) de Rio Largo.

AGazetaweb manteve contato com a Infraero, que ainda não se posicionou oficialmente sobre a situação.

Acabou na Central de Flagrantes

Nessa quinta-feira (8), um motorista do Uber foi agredido por taxistas do aeroporto quando tentava ajudar um colega que havia sido encurralado por outros taxistas. O veículo ficou danificado.

Desde que esta modalidade de transporte de passageiros ganhou espaço em Maceió e região, os taxistas que atuam na área do aeroporto têm dificultado o trabalho dos "rivais", trancando os veículos até que os passageiros abandonem a ideia do transporte, optando pelos taxistas.

À Gazetaweb, a vítima contou que estava próximo ao aeroporto quando avistou um companheiro de trabalho sendo impedido por taxistas de embarcar dois passageiros. Em depoimento, o motorista disse que ainda tentou ajudá-lo, mas acabou impedido, sendo agredido em seguida.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas