Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > MACEIÓ

Procon multa supermercados da capital que alteram preços dos produtos

Fiscalização vai durar a semana inteira; estabelecimentos estão sendo notificados

Uma fiscalização do Procon Maceió autuou, nesta quarta-feira (16), um supermercado situado no bairro do Stella Maris, por irregularidades encontradas. Após análise, o supermercado deve pagar uma multa que varia de R$ 600 a R$ 9 milhões.

A ação teve o objetivo de averiguar a diferença de preços dos produtos. No local vistoriado, foram constatadas diferenças de preços. O produto - um kit de lençóis e colcha - estava por R$ 79,90 na prateleira e, no leitor, R$ 99,90. A diferença era de R$ 20 entre a prateleira e o caixa.

Leia também

De acordo com o coordenador de fiscalização do Procon, Augusto Rocha, o trabalho foi motivado por denúncias feitas pelos consumidores por meio do aplicativo de celular.

"O uso do WhatsApp facilitou as denúncias dos consumidores, pois por eles as pessoas podem mandar fotos e confirmar a diferença de preços. Estamos recebendo muitas denúncias nos supermercados onde os preços apresentam diferentes da prateleira e do caixa. As promoções ofertadas pelos supermercados são os que acumulam o maior número de denúncias", explica.


				
					Procon multa supermercados da capital que alteram preços dos produtos
FOTO: dárcio monteiro

Ainda segundo o coordenador, os supermercados que forem autuados podem pagar multa que varia de R$ 600 a R$ 9 milhões. "Se for constatada a diferença de preço, os supermercados irão ser autuados onde o valor a pagar irá depender da estrutura do supermercado e da quantidade de irregularidades", avalia.

No supermercado, a fiscalização também vistoriou a validade dos produtos nas áreas de frios, padaria e promoções. A fiscalização ocorre durante a semana e deve passar em até 35 supermercados.

  • Fiscais encontram irregularidades em preços disponibilizados em supermercados
    Fiscais encontram irregularidades em preços disponibilizados em supermercados |
  • Fiscais encontram irregularidades em preços disponibilizados em supermercados
    Fiscais encontram irregularidades em preços disponibilizados em supermercados |
  • Fiscais encontram irregularidades em preços disponibilizados em supermercados
    Fiscais encontram irregularidades em preços disponibilizados em supermercados |
  • Fiscais encontram irregularidades em preços disponibilizados em supermercados
    Fiscais encontram irregularidades em preços disponibilizados em supermercados |
  • Fiscais encontram irregularidades em preços disponibilizados em supermercados
    Fiscais encontram irregularidades em preços disponibilizados em supermercados |
  • Fiscais encontram irregularidades em preços disponibilizados em supermercados
    Fiscais encontram irregularidades em preços disponibilizados em supermercados |
  • Fiscais encontram irregularidades em preços disponibilizados em supermercados
    Fiscais encontram irregularidades em preços disponibilizados em supermercados |
  • Fiscais encontram irregularidades em preços disponibilizados em supermercados
    Fiscais encontram irregularidades em preços disponibilizados em supermercados |

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas