Prefeitura de Maceió monta base de acolhimento no Bom Parto

Município determinou retorno das atividades nas escolas do bairro

O Gabinete para o Enfrentamento da Crise, criado pela Prefeitura de Maceió, determinou, nesta segunda-feira (4), o retorno das atividades normais nas escolas e em todas as demais secretarias municipais. Em paralelo, a Prefeitura segue em estado de alerta e irá montar uma base de acolhimento e proteção dos moradores no bairro do Bom Parto.

As seis escolas que estavam estruturadas para receber as famílias dos bairros mais próximos da mina da Braskem passam por reorganização para a retomada das aulas nesta terça-feira (5).

Os colchões, kits de higiene e outros itens de necessidade básica que estão nas salas permanecem no local de forma preventiva. As 15 pessoas recebidas na Escola Pompeu Sarmento serão encaminhadas para a Casa de Passagem Familiar. E, dos 50 ônibus escolares que estavam em regime de sobreaviso para o atendimento da população, 48 retomam as atividades de transporte dos estudantes.

Maceió manterá duas ambulâncias para situação emergencial relacionada ao afundamento, e irá devolver cinco veículos disponibilizados pelos Municípios de Maragogi, Pilar e Campo Alegre.

Também ficam no regime de plantão duas equipes do Departamento Municipal de Transporte e Trânsito (DMTT), duas da Guarda Municipal, dois carros-pipas para o caso de desabastecimento de água nos bairros e duas caçambas.

“Maceió volta parcialmente à normalidade porque os indicadores técnicos mostram que é possível fazer esse trabalho, mas vamos manter as equipes em estado de atenção. A desocupação das áreas de risco está mantida e o decreto de emergência também está mantido pelo período de 180 dias”, destacou o coordenador do Gabinete, Claydson Mourinha.

*Com informações da assessoria.

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p