Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > MACEIÓ

Prefeito diz que solicitou apoio financeiro para mais 420 famílias do Pinheiro

Rui Palmeira ainda ressaltou que os primeiros 80 moradores devem começar a receber o auxílio moradia na próxima semana

O Prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB), informou que solicitou apoio financeiro para mais 420 famílias do Pinheiro nesta quinta-feira (24). A declaração foi feita, na noite desta quinta, enquanto participava de uma reunião na sede do Ministério Público Estadual (MPE).

Rui Palmeira destacou ainda que os primeiros 80 moradores contemplados com o benefício devem começar a receber o auxílio moradia na próxima semana e aproximadamente 490 famílias devem ser retiradas da área vermelha no mesmo período.

Leia também

Suspensão IPTU

Durante o encontro, Rui Palmeira confirmou que, na próxima segunda-feira (28), aprefeitura deve publicar um decreto suspendendo a cobrança do IPTU(Imposto Predial e Territorial Urbano) e de outros tributos, tanto para residências como para comerciantes. "Assim que a câmara municipal retornar, no dia 15 de fevereiro, vamos encaminhar um Projeto de Lei isentando as famílias das áreas de riscos do pagamento do IPTU e outros tributos."

O Prefeito também aproveitou o momento para chamar atenção e pedir que a população tenha mais cautela com as notícias falsas que circulam nas redes sociais. "Hoje um dos maiores problemas em relação a questão do Pinheiro são as fake news, que geram muito angustia para população. Não dá pra competir com as redes sociais, então criamos um canal oficial da prefeitura com informações vindas dos técnicos do governo federal."

No dia 16 de fevereiro, umexercício de desocupação do bairro Pinheiro será realizado e terá um efetivo de 600 profissionais. O plano poderá ser colocado em prática caso um novo tremor de terra aconteça na região ou devido a condições climáticas que elevem os riscos de um incidente.

Em relação a isso, Rui Palmeira salientou que o treinamento é uma necessidade, já que um decreto de emergência foi aplicado ao bairro. "Há uma exigência de que se faça esse plano de contingência. É claro que a gente espera que nada de mais grave aconteça, mas precisamos estar preparados para tudo."


				
					Prefeito diz que solicitou apoio financeiro para mais 420 famílias do Pinheiro
FOTO: ASCOM/MPE

A reunião aconteceu a pedido o Procurador-Geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, e contou com a presença do Ministério Público Estadual (MPE), do Ministério Público Federal (MPF) em Alagoas, de Procuradores, da Prefeitura de Maceió e da Defesa Civil Municipal.

O encontro teve como objetivo mostrar ao MPE o que a Prefeitura do município já tem feito em relação ao bairro Pinheiro desde 2018. "Foram vários estudos, especialistas de todo o Brasil já estiveram em Maceió. O serviço geológico do país está sempre aqui na cidade fazendo os estudos. Infelizmente, ainda não há um respostas. Esperamos que nos próximos meses tenhamos um diagnostico para que a Prefeitura, o Governo do Estado e o Governo Federal possam minimizar ou resolver o problema no pinheiro", concluiu Rui Palmeira.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Tags

Relacionadas