Moradores protestam em avenida no Vergel por cadastro de habitações

Eles bloquearam os dois sentidos da Avenida Senador Rui Palmeira, em frente ao Papódromo

Moradores da comunidade da Muvuca fecharam os dois sentidos da Avenida Senador Rui Palmeira, em frente ao Papódromo, no bairro do Vergel do Lago, na manhã desta quinta-feira (29), cobrando do Município cadastro de habitação.

Eles puseram uma barreira com pneus velhos na pista para impedir a passagem de veículos. Os motoristas que precisam trafegar pela região foram obrigados a utilizar vias paralelas para chegar ao destino.

A comunidade alega que teria sido dada uma orientação da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e dos que integram a Secretaria Adjunta de Habitação de Maceió para deixarem as casas sob a promessa de que receberiam um aluguel social no valor de R$ 250.

“Onde a gente vai conseguir alugar uma casa com este preço aqui? Queremos fazer o cadastro da habitação sem que fosse possível fazer este protesto”, reclamou a doméstica e moradora da localidade, Micarla da Silva.

NOTA DA PREFEITURA DE MACEIÓ

A Secretaria de Habitação de Maceió esclarece que na unidade habitacional Parque da Lagoa, localizada no Vergel do Lago, serão contemplados os moradores da orla lagunar cadastrados, com prioridade para os pescadores e marisqueiros da região. Todo o processo é transparente e tem sido acompanhado pela Defensoria Pública da União e representantes da comunidade.