Covid-19: com mais de 96% das doses aplicadas, Maceió tem a maior eficiência vacinal entre capitais do Brasil

Capital fica 3 pontos na frente de Manaus-AM (93,8%) e a 3,3 pontos acima de São Paulo-SP (93,3%), que ocupam a segunda e a terceira posição, respectivamente

Registrando 96,6% de doses aplicadas contra a Covid-19, Maceió lidera o ranking e ocupa o primeiro lugar entra as capitais do Brasil com a maior eficiência na vacinação, segundo levantamento do portal LocalizaSUS. A capital fica 3 pontos na frente de Manaus-AM (93,8%) e a 3,3 pontos acima de São Paulo-SP (93,3%), que ocupam a segunda e a terceira posição, respectivamente.

Até o momento, segundo dados da Prefeitura de Maceió, 43,5% das pessoas foram imunizadas com as duas doses ou com a vacina de dose única. Já 84,2% maceioenses receberam pelo menos uma dose do imunizante. Com isso, os números mostram que 1.003.972 de doses foram aplicadas, sendo 673.804 na primeira dose, 314.252 na segunda dose e 15.916 na dose única.

A prefeitura ressaltou que a liderança da capital no levantamento é resultado da estrutura dos oito pontos fixos instalados em locais com capacidade para a circulação diária de grande quantidade de pessoas, além de estratégias como o Corujão da Vacina, que estende o horário em quatro pontos de atendimento até as 21h, garantindo maior acesso da vacina à população trabalhadora.

“Desde o início da vacinação, Maceió pontua entre as capitais com melhor desempenho em vacinação contra a Covid-19. O modelo de excelência que a Prefeitura desenvolveu é destaque nacional porque Maceió não guarda vacina. Temos o Corujão, com plantão de vacinação das 9h às 21h de terça a sábado em quatro pontos, e quando chegam novas doses, adiantamos o calendário e convocamos novos públicos. Dessa forma, seguimos avançando com a segurança sanitária da população”, explicou o coordenador do Gabinete de Gestão Integrada de Enfrentamento à Covid-19, Claydson Moura.

Além da estrutura, a capital também iniciou a vacinação itinerante, tendo sido a primeira cidade da América Latina a receber o Ônibus da Vacina, parceria firmada pela Prefeitura com a Cruz Vermelha e apoio financeiro da Mercedes-Benz e do Governo da Alemanha. A unida móvel ficou em Maceió de 9 de junho a 22 de julho, imunizando 12.317 pessoas de mais de 30 localidades da cidade.