Maceió é a 5ª capital em transparência de dados públicos sobre a Covid-19

Índice de Transparência da Covid-19 é uma iniciativa da Open Knowledge Brasil

Maceió conquistou a 5ª posição entre as capitais brasileiras com melhor desempenho no Índice de Transparência de Dados da Covid-19. Os dados são da segunda avaliação divulgada em 2021 pela Open Knowledge Brasil (OKBR) com base no período de 22 de julho a 6 de outubro. Na avaliação anterior, Maceió estava em 14º lugar.

O Índice avalia a qualidade dos dados e informações relativos à pandemia do coronavírus, que têm sido publicados em portais oficiais pela União, pelos estados brasileiros e pelas suas capitais. “Para superarmos este momento tão desafiador para gestores públicos e a população, acreditamos que nenhuma ferramenta é mais poderosa que a colaboração, e a informação é parte fundamental desse processo”, informa a Nota Metodológica divulgada pela Open Knowledge Brasil.

O monitoramento dos dados é coordenado pela Diretoria de Vigilância em Saúde, que vem articulando os atores para a construção de informações íntegras publicadas periodicamente. Nesta nova análise, foram inseridos, para avaliação, dados referentes ao perfil da vacinação.

Fernanda Rodrigues, diretora de Vigilância em Saúde. - Foto: Victor Vercant/Secom Maceió

“Dentre as ações de enfrentamento à Covid-19, Maceió tem intensificado e se aprimorado na transparência pública de dados. Há uma atenção especial da gestão municipal e esse esforço é visto nesses índices”, comemora a diretora de Vigilância em saúde, Fernanda Rodrigues.

Nesta segunda avaliação, Maceió se encontra em um nível considerado “Bom”. A capital alagoana foi uma das que tiveram melhor desempenho de crescimento no ranking, saindo de 44 para 74 pontos na avaliação.

“Desenvolvemos a ferramenta do Painel da Vacinação e ajustamos nossas informações, consolidando-as de uma forma didática para um melhor acesso da população a todos os dados produzidos”, explica Rodrigues.

Crescimento de Maceió

O avanço da transparência sobre os dados da Covid em Maceió é destaque no boletim de avaliação da plataforma.

“A publicação de microdados foi um dos principais motivos de evolução de Maceió (AL), outro destaque positivo nesta rodada. As bases contribuíram para um maior detalhamento demográfico e geográfico de casos e de pessoas vacinadas na capital”, ressalta a publicação.

Maceió é a 5ª capital em transparência de dados sobre a Covid-19 - Foto: reprodução

O Índice de Transparência da Covid-19 é um indicador sintético composto por três dimensões: Conteúdo, Granularidade e Formato. Cada dimensão é constituída por subdimensões que agregam um conjunto de aspectos avaliados separadamente. A cada dimensão são atribuídos diferentes pesos para a composição da nota final. A coleta dos dados é baseada nas últimas publicações periódicas de portais oficiais dos órgãos.

Na categoria Conteúdo, são considerados itens como notificações de casos, idade, sexo e raça/cor de pacientes confirmados e de pessoas vacinadas; informações sobre grupos prioritários e cobertura da vacinação; além de dados sobre a infraestrutura de saúde, como ocupação de leitos, testes disponíveis e aplicados e doses de vacina recebidas e distribuídas.

O item Granularidade avalia se os casos e dados de pessoas vacinadas estão disponíveis de forma individual e anonimizada; além do grau de detalhamento sobre a localização (por município ou bairro, por exemplo).

O formato, por sua vez, considera como pontos positivos a publicação de painéis analíticos, planilhas em formato editável e navegação simples. Todos os dados relacionados ao combate à Covid-19 em Maceió estão disponibilizados nos sites vacina.maceio.al.gov.br e covid19.maceio.al.gov.br.