Covid-19: Cartilha orienta trabalhadores de bancos e lotéricas

Material educativo destinado a esses profissionais reforça os cuidados que devem tomar para prevenir a doença

Profissionais do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) do Município elaboraram um material educativo direcionado a trabalhadores de bancos e casas lotéricas, durante a pandemia da Covid-19. 
Embora o setor seja considerado essencial e não tenha suspendido as atividades nesse período, é necessário reforçar alguns cuidados para garantir a saúde de trabalhadores e clientes. A cartilha foi elaborada pela médica do trabalho do Cerest, Ana Paula Cavalcante, e pela fonoaudióloga Fracimar Gadelha Xavier.
De acordo com Ana Paula, é preciso controlar o acesso a esses estabelecimentos. "Devem ser organizadas filas para que seja mantida a distância mínima de 1,5 m entre cada pessoa, e limitar a quantidade de clientes nos interiores das agências bancárias e lotéricas, evitando aglomerações, e é, claro, fazendo sempre o uso da máscara", explica.
"Esse é um cuidado que já vem sendo tomado por esses estabelecimentos, desde o início da pandemia, mas é preciso reforçar a importância dessas medidas preventivas para garantir o bem-estar e saúde de todos", explica a médica do trabalho do Cerest.
Já a fonoaudióloga Francimar Gadelha destaca a necessidade de sempre higienizar objetos pessoais dos trabalhadores, como celulares, canetas, teclados e calculadoras, com álcool líquido a 70%. "Também deve-se evitar usar adornos, como relógios, brincos, pulseiras, e as cédulas devem ser manuseadas com luvas para evitar contaminações", completa.