Campanha de vacinação contra paralisia infantil termina nesta sexta (30); Maceió atingiu apenas 33% do público alvo

Apenas 32,98% do público-alvo foi vacinado contra a poliomielite na capital, o que significa 17.098 doses

Termina nesta sexta-feira (30) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação para atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente. No entanto, apenas 32,98% do público-alvo da campanha contra a poliomielite foi vacinado, o que significa 17.098 doses. A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é de 95%.

A Secretaria de Saúde de Maceió orienta que pais e responsáveis levem as crianças de um a menores de cinco anos para imunização contra a doença, que pode levar a sérios problemas de saúde.

“A paralisia infantil é uma das enfermidades imunopreveníveis que já havia sido controlada graças a vacinação da população. Pedimos o comprometimento dos pais para aumentarmos o índice de imunização dessas crianças, evitando, assim, a reintrodução do poliovírus selvagem no Brasil, que já causou tantos problemas de saúde em tempos passados”, pontuou a gerente de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Eunice Amorim.

Eunice lembra, ainda, que o Município trabalha para imunizar, de forma indiscriminada com a vacina VOP (Vacina Oral de Poliomielite), no mínimo 95% das 51.846 crianças de um a menores de cinco anos de idade que estejam com o esquema primário completo da vacina VIP (Vacina Inativada da Poliomielite).

Locais de vacinação

Com exceção da vacina BCG – que é aplicada em quatro unidades referenciadas, devido ao prazo de validade pós abertura do frasco – as vacinas pertencentes ao Calendário Básico de Vacinação da criança e do adolescente estão disponíveis em todas as salas de vacinação do Município, de segunda a sexta-feira.

A atualização vacinal também pode ser feita em três pontos fixos, com horários diferenciados.

Confira os locais

Maceió Shopping (das 9h às 21h, de segunda a sábado)

Pátio Shopping (das 15h às 21h, de segunda a sábado e das 12h às 18h, no domingo)

Carajás Home Center (das 9h às 16h, de segunda a sábado)

Saúde da Gente - Infantil (Santa Lúcia) e da Mulher (Eustáquio Gomes)

Para receber as vacinas, seguras e aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o público-alvo deverá apresentar a caderneta vacinal no ato da imunização. As crianças devem comparecer aos locais de vacinação acompanhadas dos pais ou responsável.

*com informações da assessoria.