Artistas protestam nas redes sociais contra afundamento de solo no Pinheiro

Projeto tem registrado os efeitos devastadores na vida de moradores que viviam na região

Artistas alagoanos têm usado as redes sociais para protestar contra o afundamento de solo nos bairros do Pinheiro, Bebedouro, Mutange e outros atingidos pela atividade de mineração da Braskem. “Maceió afunda em Lágrimas” é um projeto do fotógrafo Arthur Celso, que tem registrado os efeitos devastadores na vida de moradores da região.

Em uma publicação que reúne diversas imagens de casas abandonadas devido aos riscos ocasionados pelas rachaduras, o artista pede justiça e empatia com os moradores e comerciantes que residiam nos cinco bairros.

“Maceió Afunda em Lágrimas! O afundamento dos 5 bairros de Maceió, não é um problema somente dos moradores e comerciantes da região, é um problema de toda cidade, do estado e do país. A sociedade e as autoridades precisam ter mais empatia com as vítimas e menos conivência com os causadores, é preciso justiça. Seguiremos registrando e divulgando esse problema, não vamos descansar”, diz a publicação.

Veja publicação: