Imagem
Menu lateral
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > JUSTIÇA

Justiça mantém condenação de ex-prefeito por porte ilegal de arma

Leopoldo responde por outros crimes e já está cumprindo pena no sistema prisional alagoano após violação das regras do regime semiaberto

O ex-prefeito da cidade de Maribondo Leopoldo Pedrosa teve a condenação por porte ilegal de arma de fogo mantida pelo Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) nessa quarta-feira (28). A decisão é dos desembargadores que compõem a Câmara Criminal.

Consta no inquérito policial que, no dia 20 de dezembro de 2019, por volta das 17 horas e 40 minutos, policiais civis foram dar cumprimento ao mandado de prisão temporária em desfavor do acusado Leopoldo César de Amorim Pedrosa. No momento, ele estava no interior do “Bar do grilo”, localizado na rua Antônio Torres, Bairro Jardim tropical, em Arapiraca.

Artigos Relacionados

Durante o cumprimento do mandado de prisão, foi encontrada, ao lado do acusado Leopoldo, uma pochete com uma arma de fogo, tipo pistola, dois carregadores municiados com 26 projéteis e objetos pessoais do acusado Leopoldo, sendo um carregador de telefone celular, um talão de cheque, notas de abastecimento, carteira de Prefeito e a quantia de R$ 580.

Imediatamente, os acusados foram presos em flagrante delito e encaminhados para a presença da Autoridade Policial, que lavrou o Auto de Prisão em Flagrante. Um amigo assumiu que a arma seria dele, porém a polícia disse ter ficado evidente que o amigo acusou-se para tentar proteger Leopoldo César.

Leopoldo responde por outros crimes e já se encontra cumprindo pena no sistema prisional alagoano após violação das regras do regime semiaberto, em razão de condenação pelo crime de tráfico de drogas.

O ex-prefeito de Maribondo também aguarda julgamento pelo crime de homicídio do corretor de imóveis, Gerson Gomes Vieira, ocorrido em 2015.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na App Store

Relacionadas