Desembargadora do TJ mantém afastamento do prefeito Beto Baía

Gestor é acusado de ter causado um prejuízo de R$ 9,4 milhões ao município

A desembargadora do Tribunal de Justiça de Alagoas, Elisabeth Carvalho Nascimento, manteve, nesta terça-feira (5), afastado do cargo o prefeito de União dos Palmares, Beto Baía. A decisão da desembargadora é resultado de um agravo de instrumento apresentado pelo gestor, que solicitava o etorno ao posto de prefeito.
Em dezembro do ano passado, o prefeito foi afastado por decisão do vice-presidente do TJ, desembargador João Luiz Azevedo Lessa, depois de ter sido reconduzido ao cargo por uma liminar, em novembro passado, também pela desembargadora Elisabeth Carvalho.
Baía deixou o cargo depois que a Justiça acatou denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), que o acusa de improbidade administrativa. Segundo o MPE, ele é acusado de ter causado um prejuízo de R$ 9,4 milhões ao Município. O valor seria oriundo de suposto esquema de fraude em licitação. A redação tentou entrar em contato com o prefeito, mas ele não atendeu as ligações.