Com apoio de cão de resgate, idoso é encontrado em mata após três dias de buscas

Homem apresentava sinais de desidratação e estava bastante confuso; caso aconteceu em Quebrangulo

Com a ajuda de um cão de resgate, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) conseguiu localizar, na última semana, um idoso, de 68 anos, que havia sumido após entrar em uma área de mata no município de Quebrangulo, no interior de Alagoas. Ele estava com sinais de desidratação após três dias desaparecido. 
O caso aconteceu na Reserva de Pedra Talhada. A princípio, o 7º Grupamento de Bombeiro Militar foi chamado para fazer as buscas iniciais e 24h depois do sumiço, ainda não tinha obtido êxito. No dia seguinte, foi solicitado o apoio do Canil/GBS para dar apoio às buscas com o auxílio dos cães de resgate. 
Na sexta-feira (13),  três dias após o início das buscas e diante da ação de 20 bombeiros militares e utilização de cerca de 7 viaturas e 4 cães de resgate, em um trabalho conjunto entre o Posto de Palmeira dos Índios, o Grupamento de Arapiraca e o Canil do CBMAL, o idoso foi encontrado vivo numa área de difícil acesso. 
O sargento Tertuliano explicou o plano de busca, os militares se dividiram em equipes para percorrer áreas diferentes. 
Um dos heróis da operação foi o cachorro Rex, que conseguiu farejar o idoso e guiou o tenente até o local. "Percebi uma mudança de comportamento dele me indicando algo. Foi então que o mateiro abriu determinado local e o cão me puxou para uma descida onde estava o referido cidadão, já bem debilitado,desidratado e bastante confuso", explicou o sargento Tertuliano.
Os bombeiros realizaram os procedimentos de primeiros socorros e o homem foi encaminhado ao Hospital de Quebrangulo.