Colecionador de armas é morto a tiros em Marechal Deodoro

Esposa disse à polícia que o sobrinho da vítima seria o principal suspeito do homicídio, mas, não soube informar as circunstâncias do crime

Um homem com registro de CAC (Colecionador de armas, atirador desportivo e caçador) foi morto a tiros, nesse domingo (2), na Barra Nova, em Marechal Deodoro, Maceió. Ninguém foi preso até o momento.

Conforme consta no relatório do Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp), a esposa da vítima relatou à polícia que não presenciou o crime e, ao chegar ao local da ocorrência, seu marido já estava em óbito.

Disse, ainda, que o sobrinho da vítima seria o principal suspeito do homicídio, mas, não soube informar as circunstâncias do crime.

No local da ocorrência, foi encontrado um guia de tráfego especial de arma de fogo de propriedade da vítima , além de uma pistola 9 m, usada, provavelmente, no crime.

No corpo da vítima havia seis marcas de tiros, segundo relatório. Ela foi atingida nas regiões das costas, pescoço, bochecha e crânio. O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML)

A polícia, ainda segundo relatório, já iniciou os trabalhos investigativos do caso.