Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > INTERIOR

5 municípios alagoanos ficarão sem água durante esta semana

Regiões compreendem Campestre, Inhapi, Craíbas, Igaci e parte alta de Arapiraca


				
					5 municípios alagoanos ficarão sem água durante esta semana
Após a normalização do serviço, a distribuição de água será normalizada. Edvan Ferreira / Secom Maceió

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) informa que paralisou, emergencialmente, desde às 8h desta segunda-feira (20), o funcionamento do Sistema Adutor do Agreste (SAA). Devido a isso, o fornecimento de água para Craíbas, Igaci e parte alta de Arapiraca ficará deficiente. Já em Inhapi, uma falta de energia afetou, nesta segunda-feira, o fornecimento de água.

Por sua vez, na cidade de Campestre, a empresa responsável por fazer a distribuição de água informou que vai realizar, na próxima quinta-feira (23), no horário das 7h30 às 15h, a limpeza semestral do reservatório de água tratada que atende ao município. Durante o trabalho, o fornecimento de água ficará paralisado.

Leia também

Craíbas, Igaci e parte alta de Arapiraca

A interrupção se faz necessária para que a empresa parceira Agreste Saneamento efetue o conserto do rompimento de uma adutora em aço, com diâmetro de 700mm, localizada no Povoado Mumbaça, no município de Traipu.

Inhapi

A suspensão da eletricidade, que teve início às 4h e durou até as 8h20, paralisou as atividades da Estação de Tratamento de Água (ETA) que atende ao município.

Após o retorno do potencial elétrico, a Casal reativou a ETA e o abastecimento de água foi retomado, devendo se regularizar nas próximas horas.

Campestre

O procedimento é para garantir a qualidade do líquido distribuído.

O serviço será restabelecido após a conclusão da limpeza. Vale destacar que, após a retomada do abastecimento, a água do reservatório precisará preencher a rede de distribuição e ser pressurizada, de modo que a normalização ocorrerá de forma paulatina.

*Com Assessoria

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas