TRT de Alagoas realiza leilão virtual de bens nos dias 5 e 7 de julho

Casas, terrenos, apartamentos, eletrodomésticos, móveis, maquinários industriais, automóveis, entre outros, serão leiloados

O Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT-AL) irá realizar a segunda etapa de leilões de bens móveis e imóveis de 2022. O evento, que será virtual por meio do aplicativo de videoconferência Zoom, ocorrerá nos dias 05 e 07 de julho, a partir das 9h.

Todos os itens constantes na lista - casas, terrenos, apartamentos, eletrodomésticos, móveis, maquinários industriais, automóveis, entre outros - foram penhorados para a quitação de dívidas trabalhistas. O edital já está disponível no site do Regional. Clique aqui para acessar a lista completa.

Os interessados devem instalar, previamente, o aplicativo nos seus computadores, tablets ou celulares, utilizando os navegadores de internet Firefox ou Chrome.

Confira alguns dos bens que vão para leilão

  1. Prédio na Rua Comendador Vasconcelos, em Fernão Velho, Maceió, com 324,70m2 de área total, sendo 188,74m2 de área construída, avaliado em 120.000,00
  2. Apartamento de 112 m2 de área privativa, com 3 quartos (sendo 1 suíte) mais dependência de empregada, no Edifício “Palazzo Imperia”, na Rua Industrial Climério Sarmento, nº 41, Stella Maris/Jatiúca, Maceió, no valor de  R$ 300.000,00
  3. Apartamento no Edifício Dom Louis Bourbon, com 267,89m2 de área privativa, com 04 suítes (sendo três com varanda), localizado na Rua Hélio Pradines, 111, Ponta Verde, Maceió, ao preço de R$ 1.300.000,00.
  4. Televisor Philco, 42 polegadas, no valor de R$ 700,00
  5. Quarto infantil tipo planejado (novo), desmontado, com área total de 10,8m², avaliado em R$ 4.266,66
  6. Motocicleta Honda Biz 125 ES, 2014, avaliada em R$ 10.000,00
  7. Um aparelho de ar condicionado 12.000 BTUs, marca Philco (valor: R$ 1.000,00)
  8. Também serão leiloadas peles de jacaré, nas cores preta, branca e verde – todas com tamanho aproximado de 1,20 CM e avaliadas em R$ 8.000,00, entre outros.

Como participar

Os participantes deverão se identificar adequadamente na plataforma de videoconferência e se apresentar na sala telepresencial portando documento de identidade. Os links correspondentes ao leilão estão disponíveis ao público no site do TRT/AL.

Somente as pessoas que estiverem com o cadastro devidamente homologado poderão ofertar lances on-line. O cadastramento deve ser feito pelo site do TRT/AL, por meio do preenchimento da ficha cadastral e envio da documentação solicitada: RG, CPF e comprovante de residência do licitante. No caso de pessoa jurídica, deverão ser acrescidos o contrato social da empresa, a ficha cadastral do CNPJ e procuração com firma reconhecida, em se tratando de preposto, tudo conforme Resolução nº 206/2021.

Preço mínimo para a arrematação

Os valores de lance inicial para arremate são baseados nos percentuais estipulados no edital e servem unicamente como parâmetro para os lances iniciais, não implicando, necessariamente, no seu deferimento.

Os percentuais mínimos para lances válidos variam conforme a espécie do bem. Para os bens móveis, o mínimo é de 30% do valor da avaliação; para automóveis e imóveis, 50%.

Parcelamento

Os bens imóveis poderão ser adquiridos em prestações, conforme regras previstas no edital e no CPC. O interessado deverá apresentar por escrito sua proposta, nunca inferior à avaliação, com oferta de, pelo menos, 25% do valor do lance à vista, sendo o restante garantido por hipoteca sobre o próprio imóvel. O parcelamento do saldo da arrematação não poderá exceder a 30 meses. Serão aplicados juros equivalentes à taxa Selic, acumulada mensalmente, observando-se, para fins de cálculos, a data da arrematação até o mês anterior ao do pagamento, e de 1%, relativamente ao mês em que for efetuado o pagamento.