Ministério da Justiça auxilia no monitoramento das eleições em AL com sistema de inteligência artificial

A SSP irá contar com uma central de operações para acompanhar as ocorrências em tempo real, com dados integrados em todo o Brasil

O sistema de inteligência artificial 'Cortex', do Ministério da Justiça, vai auxiliar as forças de segurança de Alagoas para gestão e monitoramento das ocorrências relacionadas ao pleito eleitoral. O sistema busca a integração em tempo real de informações de todos os órgãos de Segurança Pública do país.

Na manhã deste sábado (1º), representantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Polícia Científica estiveram reunidos na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Alagoas, para discutir a condição operacional para a execução da Operação Eleições 2022.

Durante a reunião, os representantes dos órgãos apresentaram o planejamento para a operação e informaram como será a execução.

Na oportunidade, foi apresentado o sistema Cortex, tecnologia de inteligência artificial que usa a leitura de placas de veículos por milhares de câmeras viárias espalhadas por rodovias, pontes, túneis, ruas e avenidas país afora para rastrear alvos móveis em tempo real.

O sistema também possui acesso em poucos segundos a diversos bancos de dados com informações sigilosas e sensíveis de cidadãos e empresas, como a Rais, a Relação Anual de Informações Sociais, do Ministério da Economia. A poucos cliques, oficiais podem ter acesso a dados cadastrais e trabalhistas que todas as empresas têm sobre seus funcionários, incluindo RG, CPF, endereço, dependentes, salário e cargo.

São acessíveis com o Cortex os bancos de dados do Denatran [Departamento Nacional de Trânsito], o Sinesp [Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública], o Depen [Departamento Penitenciário Nacional], o cadastro nacional de CPFs, o cadastro nacional de foragidos, o de boletins de ocorrência e o banco nacional de perfis genéticos, além do Alerta Brasil da Polícia Rodoviária Federal e do Sinivem, o Sistema Integrado Nacional de Identificação de Veículos em Movimento.

A reunião definiu ainda que, durante este domingo (2), a partir das 7h, a sede da SSP irá contar com uma central de operações unificada das polícias Militar, Civil e Científica, como também do Corpo de Bombeiros, para acompanhar o andamento das eleições e responder com rapidez a qualquer incidente registrado durante o pleito eleitoral.