Onze agências do Banco do Brasil devem encerrar atividades em AL em 2021; outras 5 se tornam PAA

361 unidades serão desativadas, sendo 112 agências bancárias, 7 escritórios e 242 Postos de Atendimento em todo o país

Onze agências do Banco do Brasil (BB) devem ser fechadas no estado, até o final do primeiro semestre de 2021, em Alagoas. Outras cinco serão convertidas em Postos de Atendimento Avançado (PAA).

No início do ano, o BB anunciou a abertura de dois Programas de Demissão Voluntária (PDVs) com a previsão de adesão de cerca de 5 mil funcionários, desativando 361 unidades, sendo 112 agências bancárias, 7 escritórios e 242 Postos de Atendimento em todo o país.

De acordo com a lista divulgada pela Associação dos Municípios Alagoanos (AMA), as cidades que terão agências com atividades encerradas são: Anadia, Barra de São Miguel, Coité do Noia, Dois Riachos, Estrela de Alagoas, Maribondo, Pão de Açúcar, Passo de Camaragibe, Paulo Jacinto, Porto Calvo e Porto Real do Colégio. Já os municípios que serão transformados em PAA são: Batalha, Campo Alegre, Marechal Deodoro, Olivença e Pilar.

Em Maceió, a agência que deve fechar permanentemente é a que fica localizada na Avenida Gustavo Paiva, em Mangabeiras.

A AMA repudiou o fechamento das agências e mobilizou a bancada federal, na Câmara dos Deputados, e uma audiência com o novo presidente do Banco do Brasil será marcada para tentar reverter essa decisão, que afeta, principalmente, os municípios do interior de Alagoas.