Corpos carbonizados em acidente na Barra de São Miguel são liberados para sepultamento

Liberação aconteceu em cumprimento a decisão judicial; certidões de óbitos só serão entregues após resultado do exame de DNA

Os corpos da criança e da mulher que morreram carbonizados em um acidente de trânsito ocorrido na Barra de São Miguel foram liberados pela Polícia Cientifica de Alagoas, nesta quinta-feira (2). A liberação aconteceu por meio de ordem judicial, em sentença emitida pelo 6ª Vara Cível da Capital. Em contato com familiares, a Gazetaweb foi informada que os corpos já foram sepultados nesta manhã, no município onde ocorreu o acidente.

Na decisão, a Juíza de Direito Amine Mafra, com base no parecer do representante do Ministério Público Estadual e diante das evidências apresentadas pelos familiares, determinou a liberação dos dois corpos das falecidas para sepultamento. Apesar da autorização, na decisão, a magistrada decidiu que as declarações de óbitos só serão emitidas pelo IML e entregues aos familiares, após a conclusão do exame de DNA.

De acordo com perita odontolegista Ana Paula Cavalcante Carneiro Nemésio, coordenadora do Departamento de Identificação Humana do IML da Capital, a terceira vítima que morreu no acidente já havia sido identificada pelo órgão através de exame necropapiloscópico. Nesse caso, o corpo do motorista do veículo Fiat Uno, Marcos Antônio Silva dos Santos, foi liberado normalmente com a declaração de óbito.

Em relação ao exame de DNA, a Polícia Científica confirmou que as amostras de material biológico da criança e da mulher, assim como das duas famílias, já foram coletadas. Essas amostras de materiais biológicos serão examinadas pelo Laboratório de Genética Forense do Instituto de Criminalística.

O caso

O acidente aconteceu no último domingo (10), no Litoral Sul de Alagoas. O motorista que conduzia o veículo Golf branco, placa PEF-8468, colidiu na traseira do veículo Uno, placa KKN-2367, onde estavam as vítimas, que morreram carbonizadas.

No veículo em chamas, estavam cinco pessoas da mesma família. As vítimas que foram a óbito foram identificadas como Maria Damiana, de 28 anos; Antônio Marcos, de 29 anos, - esposo de Maria -; e Lorena, de 2 anos, que seria sobrinha do casal.

Já Grazielle Teles, de 17 anos, mãe da menina Lorena, e Aniele Teles, de 11 anos, filha de Damiana e Marcos, conseguiram sair do carro, sendo elas socorridas até o Hospital Geral do Estado (HGE), onde foram atendidas pela equipe médica plantonista e, em seguida, liberadas.

O condutor do carro que provocou o acidente fugiu do local.

Com assessoria*