Comandante do Bope leva técnica a militares do Espírito Santo

Curso tem início nesta quinta-feira; no total, serão capacitados 30 policiais

O comandante do Batalhão de Operações Especiais (Bope), tenente-coronel Enio Bolivar, está no município de Cachoeira de Itapemirim (ES) para ministrar, a partir desta quinta-feira (10), o curso de habilitação para enfrentamento em situações de baixa luminosidade. Serão treinados 30 militares, entre oficiais e praças da Polícia Militar do Espírito Santo.
Único militar no Brasil detentor do curso de instrutor em Técnicas em Baixa Luminosidade (Low Light), desenvolvidas nos Estados Unidos e usadas pela polícia norte-americana, o oficial já havia levado o treinamento à PM de Rondônia. 
"O interesse pela técnica está crescendo, pois a maioria dos confrontos e ocorrências policiais acontecem nos horários de baixa luminosidade", disse Bolívar.
Segundo ele, o resultado esperado é que, com esse treinamento, os militares possam trabalhar mais tecnicamente, salvando vidas dos cidadãos e dos próprios policiais. O comandante do Bope ressalta que o Curso de Baixa Luminosidade passou a compor a grade curricular dos cursos de Formação de Oficiais e Formação de Praças da Polícia Militar de Alagoas.
 "Os integrantes das próximas turmas já sairão da academia militar e do centro de formação qualificados nessa modalidade de ação", completou o coronel Bolívar.