Cantor autista alagoano realiza vaquinha para financiar projeto

Homenageando o cantor Nando Reis, Lucas Sampaio busca contribuições para produzir projeto de regravações

O cantor alagoano Lucas Sampaio, que é autista, está fazendo uma vaquinha on-line com o objetivo de financiar seu projeto musical "Não sou rei, mas canto Reis". O artista pretende regravar músicas do renomado artista brasileiro Nando Reis, começando pela canção "Inimitável", que deve ser lançada em abril, mês de conscientização sobre o Transtorno do Espectro Autista.

O projeto de Lucas Sampaio tem como objetivo divulgar a música brasileira de qualidade e mostrar que pessoas com deficiência podem realizar grandes feitos. “Fui diagnosticado como autista aos seis anos e sei bem como é não ser ouvido por ser "diferente". Meu projeto é justamente para eu usar minha voz para quebrar esse conceito de padrão que não deveria existir", ressaltou o cantor.

A música "Inimitável" é uma das composições mais populares de Nando Reis e foi escolhida especialmente por sua mensagem inspiradora e motivadora sobre o respeito às diferenças. A vaquinha on-line para financiar o projeto "Não sou rei, mas canto Reis" já está em andamento e qualquer pessoa interessada pode contribuir via cartão de crédito ou PIX através do site www.bit.ly/vaquinhalucassampaio. O objetivo é arrecadar R$ 6 mil para cobrir os custos de gravação, produção e lançamento da música e de um videoclipe.

Lucas Sampaio espera levar a mensagem de superação e esperança para muitas pessoas em todo o país através de sua música.

“Esse projeto é muito importante pra mim e, quando a música do Nando diz que 'cada pessoa é um indivíduo e diferença é que nos faz iguais', eu espero ser essa voz diferente nesse mundo cheio de padrões”, finalizou Lucas.

Com assessoria*

Receba notícias da GazetaWeb no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta acessar a nossa comunidade:

https://4et.us/rvw00p