Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > notícias > GERAL

Alagoas registra mais uma morte por dengue

Estado soma 6.965 casos confirmados de dengue; há um óbito suspeito por chikungunya


				
					Alagoas registra mais uma morte por dengue
MS aponta ainda um óbito suspeito por chikungunya em Alagoas. Reprodução

O painel de monitoramento das arboviroses do Ministério da Saúde (MS) registrou um aumento no número de óbitos por dengue em Alagoas, em relação ao último boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Os dados revelam que seis vítimas não resistiram à gravidade da doença e outros nove são considerados suspeitos.

O Ministério da Saúde aponta ainda um óbito suspeito por chikungunya em Alagoas.

Leia também

Boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), até a Semana Epidemiológica nº 24 de 2024, mostra que foram notificados 12.563 casos suspeitos de dengue, dos quais 6.965 foram confirmados em Alagoas.

No mesmo período do ano passado, foram notificados 3.963 casos suspeitos de dengue, dos quais 2.457 foram confirmados. Até a semana passada, cinco óbitos tinham sido confirmados pela Sesau nos municípios de Atalaia, Viçosa, Porto de Pedras, Rio Largo e em Maceió.

De acordo com o MS, todo indivíduo que apresentar febre (39°C a 40°C) de início repentino e apresentar pelo menos duas das seguintes manifestações - dor de cabeça, prostração, dores musculares e/ou articulares e dor atrás dos olhos – deve procurar imediatamente um serviço de saúde, a fim de obter tratamento oportuno.

No entanto, após o período febril, deve-se ficar atento. Com o declínio da febre (entre 3° e o 7° dia do início da doença), sinais de alarme podem estar presentes e marcar o início da piora no indivíduo.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas

X