'Jorge Jesus sabia que Flamengo era só um trampolim', avalia Edmundo

Na opinião do ex-atacante, português deixou Rubro-Negro refém de suas vontades

O treinador Jorge Jesus surpreendeu os torcedores do Flamengo ao não cumprir uma promessa que fez: apenas deixar o Rio de Janeiro por propostas de clubes como Barcelona, Real Madrid, Bayern de Munique... A saída do português no meio deste ano para o Benfica acabou sendo criticada por muitos comentaristas esportivos, que acreditavam no sucesso do técnico campeão nacional e continental com o clube.
Nesta terça-feira, durante o programa "BB Debate", da ESPN Brasil, o ex-atacante Edmundo disparou que Jorge Jesus já tinha em mente que o Flamengo seria apenas um trampolim em sua carreira.
- Quando o Jorge Jesus chegou ao Flamengo era uma incógnita, vinha de oscilações no Sporting e no mundo árabe. Uma vez consolidado, a renovação de contrato foi malfeita. Deveria ter se colocado ali uma multa maior. O técnico estava acertado. Ou então, já dispensasse no início do ano - disse ele, que seguiu:
- Porque o Jesus prometeu que só deixaria o clube para um gigante europeu: Barcelona, Real Madrid, Manchester United. E não cumpriu. Me parece que ele já sabia que o Flamengo era só um trampolim. Valeria pé firme para que as coisas fossem cumpridas.
Edmundo acredita que o Flamengo tenha "ficado nas mãos do treinador". O ex-jogador do time carioca acredita que o clube tenha bobeado quanto à multa contratual, considerada por ele baixa, e que a quebra de acordo com Jesus acabou prejudicado a organização futebolística do Mengão em 2020.
- Adoro o "Mister", fez um trabalho excepcional, deixou um legado no futebol brasileiro, mas um clube do tamanho do Flamengo não pode ficar 'na mão' de técnico. O Flamengo já teve técnicos maiores - não em conquistas.
Jorge Jesus deixou o Flamengo após um ano comandando o clube, e venceu cinco títulos: Libertadores e Campeonato Brasileiro, em 2019, e Supercopa do Brasil 2020, Recopa Sul-Americana 2020 e Campeonato Carioca de 2020.