João Paulo enaltece qualidade do CSA, mas avisa: "Não é impossível"

Zagueiro do São Bento retorna de suspensão na partida em Maceió e acredita em virada e vaga na final da Série C do Campeonato Brasileiro

Suspenso pela expulsão contra o Confiança, no jogo que garantiu o São Bento na Série B do próximo ano, o zagueiro João Paulo teve de assistir a primeira partida da semifinal contra o CSA das arquibancadas do estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba.
João Paulo admite que em um jogo com times praticamentes iguais, o detalhe decidiu a partida. Melhor para o time alagoano, que venceu e agora tem a vantagem do empate na segunda partida em busca de uma vaga na final da Série C do Campeonato Brasileiro.
- Para qualquer jogador sempre é ruim ficar de fora, ainda mais em uma semifinal. Pelo que vi foi um jogo igual, mas eles aproveitaram a chance que tiveram e ficaram em vantagem para o segundo jogo. Creio que jogando em casa eles vão sair mais para o jogo. Temos que levar para o jogo que é difícil, mas não é impossível - analisa o zagueiro do São Bento.
Além do bom time, João Paulo alerta para a presença em peso da torcida alagoana no estádio Rei Pelé, o que deve fazer com que o time tenha uma postura ainda mais ofensiva nos primeiros minutos da partida. Sabendo disso, o zagueiro do São Bento pede atenção.
- Vimos a qualidade do time deles, é um jogo com a torcida em massa e temos que ter cuidados para a partida em Maceió - finaliza.
Na semifinal da Série C do Campeonato Brasileiro, o São Bento precisa de uma vitória simples no segundo jogo para levar à decisão para os pênaltis. Triunfo por 2 a 1 ou placar superior, classifica o time direto para a final. Na primeira partida, em Sorocaba, o CSA venceu por 1 a 0.
São Bento e CSA voltam a se encontrar no próximo sábado, às 19h30, no estádio Rei Pelé, em Maceió.