Cruzeiro tenta manter embalo contra Sampaio Corrêa na Série B do Campeonato Brasileiro

Se vencer, a Raposa vai chegar a 18 triunfos no ano, superando em apenas cinco meses o total de vitórias de toda a temporada passada.

Defendendo a condição de líder da Série B do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro, com 16 pontos, volta a campo neste domingo, às 11h (de Brasília), quando vai medir forças com o Sampaio Corrêa no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), pela oitava rodada.

A Raposa, que fez 1 a 0 no Náutico em seu último duelo, venceu seus últimos cinco compromissos. Além disso, se ganhar, vai chegar a 18 triunfos no ano, superando em apenas cinco meses o total de vitórias de toda a temporada passada.

Os maranhenses, no meio da tabela com oito pontos, querem encostar no G4 e seguir embalados após triunfo de 2 a 0 sobre o Vila Nova.

Paulo Pezzolano, comandante do Cruzeiro, trata a partida deste domingo como uma decisão. Assim ele tem feito quando o time joga em casa.

“O nosso pensamento nesta Série B é que não podemos pensar na possibilidade de perdermos jogando em casa. Não podemos deixar pontos em Minas, pois isso seria decisivo mais na frente. Dessa maneira o jogo contra o Sampaio Corrêa é mais uma final”, disse o treinador.

Pelo lado do Sampaio Corrêa, o técnico Léo Condé quer pontuar e colocou isso na cabeça dos jogadores.

“Vamos com o foco de conquistar os três pontos, mas dependendo do que acontecer em Minas Gerais, voltar com um ponto na bagagem já seria muito importante, pois o Cruzeiro carrega o favoritismo”, disse o zagueiro Allan Godói.

Sobre escalação, Condé vai repetir o time que derrotou o Vila Nova. Recuperado de um quadro de desgaste muscular, o zagueiro Joécio vai ficar como opção no banco de reservas.

O Cruzeiro segue sem o lateral-esquerdo Matheus Bidu. Existia a expectativa dele se recuperar do desgaste física, mas segue vetado. Assim Rafael Santos permanece no posto.