Corinthians faz primeiro contato por Aguirre, que está na Espanha e se anima em voltar ao Brasil

Timão inicia conversas com treinador uruguaio, que está desempregado e viajou à Europa

Um dia após receber a recusa de Renato Gaúcho em assumir o comando da equipe, o Corinthians partiu em busca de uma nova opção e fez o primeiro contato com o representante do técnico Diego Aguirre.

O uruguaio, de 55 anos, está desempregado desde novembro do ano passado, quando deixou o Al-Rayyan, do Catar.

Aguirre viajou na última quarta-feira para a Espanha, a passeio, junto com a esposa. O fuso horário é um fator que dificulta, mas não deve atrapalhar as negociações. Informado do interesse do Corinthians, Diego Aguirre se mostrou animado em voltar a trabalhar no Brasil e ouvir a proposta alvinegra.

É possível que uma conversa diretamente entre o treinador e a cúpula corintiana aconteça ainda na tarde desta sexta-feira.

O clube quer apresentar seu projeto e também saber o que pensa o uruguaio. Após o insucesso com Renato Gaúcho, a direção alvinegra prega cautela.

O Timão evita apressar a escolha de seu novo técnico, mas sabe que também não tem tempo a perder. A equipe estreia no Campeonato Brasileiro no próximo domingo, dia 30, contra o Atlético-GO.

A experiência de Diego Aguirre no futebol brasileiro faz a diretoria alvinegra entender que ele se adaptará mais rapidamente ao clube do que outros treinadores estrangeiros. O uruguaio comandou o Internacional, em 2015, o Atlético-MG, em 2016, e o São Paulo, em 2018.

Desde a demissão de Vagner Mancini, no último domingo, o Corinthians definiu alguns pré-requisitos para o seu novo comandante:

  • um profissional reconhecido por ser bom gestor de grupo, que tenha facilidade no trato com atletas jovens e veteranos;
  • um técnico que aceite trabalhar com o atual elenco, ciente de que terá poucos reforços;
  • alguém que se adeque à realidade do Corinthians, que tenta reduzir gastos - o salário de Mancini era considerado baixo para a elite do futebol nacional, e o Timão não está disposto a gastar muito mais;
  • um nome com boa aceitação dos torcedores.

Já sem chances de classificação na Copa Sul-Americana, o Timão volta a campo na próxima quarta-feira contra o River Plate-PAR, na Neo Química Arena. Caso um novo técnico não tenha sido contratado, o analista de desempenho Fernando Lázaro deve comandar a equipe mais uma vez, assim como foi na goleada por 5 a 0 sobre o Sport Huancayo-PER, na última quinta.