Chico Pinheiro expõe camisa do Atlético-MG e comemora o título alvinegro em rede nacional

Chico comemorou a conquista do clube mineiro, que é seu time do coração, e roubou a cena tirando a camisa social e mostrando o manto alvinegro por baixo

A expectativa nas redes sociais pela reação de Chico Pinheiro no 'Bom Dia Brasil' desta sexta-feira (3), era enorme. O nome do jornalista está entre os assuntos mais comentados desde a noite de quinta-feira (2), após a vitória do Atlético-MG sobre o Bahia, por 3 a 2, confirmando a conquista do título brasileiro ao time mineiro. Após 50 anos de espera, o grito contido dos atleticanos pôde ser liberto, assim como o de Chico.

O jornalista não decepcionou os seguidores e comemorou o título com entusiasmo já na parte final do programa jornalístico. Agradecido, Chico disse: “O Galo ganhou! Parabéns ao mestre Cuca, com talento dos jogadores e garra da torcida.”

No momento dos gols, Chico não conseguiu se conter. Quando Carol Barcellos, também jornalista da Rede Globo, citou o gol de Hulk, Chico gritou: 'Hulk, Hulk, Hulk', canto característico da multidão alvinegra do Mineirão nesta temporada. Ele ainda fez uma dancinha que faz referência ao artilheiro do Galo.

Carol Barcellos ainda mostrou uma foto de Chico com 18 anos, em 1971, ano da conquista do primeiro título Brasileiro do Galo. Chico respondeu sobre a foto: “Tinha 18 anos, me arranja essa foto que eu não tinha não.”

Ele ainda terminou o jornal com a sua tradicional saudação às sextas-feiras, mas desta vez reformulada para a ocasião especial, claro. Falou com força: “Graças a Deus hoje é sexta-feira, é Galo que segue!”

Após o programa, Chico participou do Mais Você, de Ana Maria Braga, e tirou a camisa social ao vivo, mostrando que vestia o manto do Galo por baixo. Antes de tirar a camisa, ele lembrou que todos os torcedores atleticanos brincavam em suas redes sociais, dizendo que o jornalista certamente usava a camisa do Atlético por baixo de seu terno e lançou: “Vou fazer uma coisa que eu nunca fiz, mas me perguntaram e hoje vou fazer”

“Os caras me perguntam se venho com a camisa do Galo por baixo, disse sempre, mas eu nunca tinha vestido de fato, mas hoje decidi vestir em homenagem aos atleticanos”, afirmou.

Chico disse ainda que não esperava que o título viesse nessa quinta-feira (2) e aguardava a festa para o domingo (5), já que o jogo será na casa do clube mineiro e com potencial de recorde de público.

Elogiando Cuca e o elenco alvinegro, Chico comentou: “Eu achava que não ia ganhar ontem, o Bahia precisava da vitória, achei que ia dar empate, mas não fiquei triste. Porque iríamos comemorar no domingo com a torcida. Quando eles fizeram dois a zero eu achei que dava para empatar ainda. Méritos do Mestre Cuca e sua disciplina tática”.