Casemiro testa positivo para a Covid-19 e desfalca a Seleção Brasileira

Volante não deverá enfrentar Venezuela e Uruguai, dias 13 e 17 de novembro

O técnico Tite ganhou um problema de última hora para os próximos dois compromissos que a seleção brasileira fará pelas Eliminatórias para a Copa de 2022. O Real Madrid informou na manhã deste sábado que Casemiro testou positivo para Covid-19 e já foi liberado para cumprir o protocolo de isolamento. Desta forma, o volante não deverá enfrentar Venezuela e Uruguai, dias 13 e 17 de novembro respectivamente.
O comunicado feito pelo clube madrileno informou também que o meia-atacante Eden Hazard foi outro que testou positivo. O craque belga também desfalcará a seleção de seu país nos próximos compromissos pela Liga das Nações, contra a Inglaterra (dia 11) e Dinamarca (dia 18), ambos em casa.
"O Real Madrid CF anuncia que os jogadores Casemiro e Hazard deram resultados positivos nos testes COVID-19 realizados na manhã de sexta-feira. Todos os outros jogadores e a comissão técnica da primeira equipe, bem como todos os funcionários do clube que trabalham diretamente com eles, deram resultados negativos na mesma prova efetuada ontem", diz a nota oficial do Real Madrid.