Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
X
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

Wolff 'fecha as portas' da Mercedes para Sainz

Por outro lado, chefe da Williams, James Vowles diz que espanhol é o candidato número 1 da equipe


				
					Wolff 'fecha as portas' da Mercedes para Sainz
Carlos Sainz, Scuderia Ferrari. ames Sutton / Motorsport Images

Com o heptacampeão Lewis Hamilton a caminho da Ferrari na temporada 2025 da Fórmula 1, a Mercedes busca um novo companheiro para George Russell. E com Andrea Kimi Antonelli cada vez mais próximo da vaga, o chefe do time alemão, Toto Wolff, explicou porque Carlos Sainz "não se encaixa" nos planos da equipe.

Em entrevista à Sky Sports F1, Wolff tratou de enfatizar que a Mercedes tem um plano para "se reinventar" e que Kimi Antonelli faz parte desse processo.

Leia também

"Antes de tudo, Carlos merece um lugar de destaque. Quero dizer, ele fez um ótimo trabalho. Mas agora estamos em um caminho em que dissemos: 'Sabe de uma coisa, queremos nos reinventar um pouco mais daqui para frente', e Kimi Antonelli definitivamente faz parte desse plano".

"Ainda não tomamos nossa decisão para o próximo ano, mas também não queríamos que Carlos esperasse, porque ele tem que tomar decisões por si mesmo e isso é justo. Mas ele está fazendo um excelente trabalho", disse Wolff.

Atualmente, as opções de Sainz para 2025 são a Williams e a Sauber, que se tornará Audi a partir de 2026. A Williams deixou claro seu desejo de adicionar Sainz à sua formação e o chefe de equipe James Vowles o confirmou como "alvo número um".

"O alvo número um é Carlos. Ele é o piloto que derrotou Max em Singapura no ano passado, contra todas as probabilidades, com uma ótima pilotagem e venceu uma corrida, não pela primeira vez".

"A maneira como ele lida com as coisas é inteligente, lógica e incrivelmente rápida. O que ele fez em Xangai este ano, vai parecer negativo, mas não é, ele bateu na classificação e isso acontece com todos nós em um determinado nível, ele é um atleta impressionante que foi capaz de se reerguer, voltar à pista e vencer seu companheiro de equipe naquelas condições".

"E acho que isso mostra o quanto ele é forte como piloto. Qualquer equipe no grid teria sorte de ter alguém como Carlos em sua equipe", disse Vowles.

Sainz conquistou a terceira vitória de sua carreira na F1 no GP da Austrália, após retornar de uma apendicectomia que o tirou da etapa da Arábia Saudita.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas

X