Imagem
Menu lateral
Imagem
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3

Imagem
Menu lateral Busca interna do GazetaWeb
Imagem
GZT 94.1
GZT 101.1
GZT 101.3
MIX 98.3
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no facebook compartilhar no linkedin
copiar Copiado!
ver no google news

Ouça o artigo

Compartilhe

HOME > esportes > INTERNACIONAL

United vence City em Wembley e é campeão da Copa da Inglaterra

Red Devils superam favoritismo do rival para voltarem a conquistar a taça


				
					United vence City em Wembley e é campeão da Copa da Inglaterra
Bruno Fernandes comemora título com técnico Ten Hag. Ascom/Manchester United

O Manchester United se sagrou campeão da Copa da Inglaterra neste sábado ao vencer o Manchester City, em Wembley, por 2 a 0, graças aos gols de Alejandro Garnacho e Kobbie Mainoo, dois jovens revelados pelas categorias de base do clube.

Esse foi a 13ª vez que o Manchester United conquistou a Copa da Inglaterra, o campeonato de futebol mais antigo do mundo. Agora, os Red Devils têm apenas um troféu a menos que o Arsenal, maior campeão do torneio.

Leia também

A conquista da Copa da Inglaterra também garantiu uma vaga ao Manchester United na Liga Europa. Essa era a única chance de os Red Devils se classificarem para uma competição europeia, já que terminaram o Campeonato Inglês apenas na oitava colocação.

O jogo

O Manchester United abriu o placar aos 29 minutos, quando Garnacho recebeu lançamento do campo de defesa e contou com uma falha grotesca do zagueiro Gvardiol, que não viu o goleiro Ortega deixar a meta para tentar afastar o perigo e recuou de cabeça para o seu companheiro, entregando a bola de bandeja para o atacante argentino estufar as redes.

Empolgado com o primeiro gol, o Manchester United foi para cima do City e até chegou ao segundo pouco depois, quando Garnacho novamente recebeu passe longo, deixou Rashford na cara do gol e viu o inglês completar de primeira. O árbitro, no entanto, marcou impedimento.

Ainda assim, o Manchester United conseguiu ampliar o placar antes do intervalo. Mais uma vez Garnacho rececebeu pela direita e tocou para Bruno Fernandes, que, por sua vez, deu um passe magistral para Kobbie Mainoo bater no contrapé do goleiro e aumentar a vantagem dos Red Devils.

Na etapa complementar o Manchester City foi com tudo para cima do adversário em busca do empate, mas o Manchester United se manteve sólido na defesa e contragolpeou, aproveitando os espaços deixados na defesa devido à necessidade de o time azul ir ao ataque.

Mas, de tanto insistir, o Manchester City acabou descontando no apagar das luzes, mais precisamente aos 42 minutos do segundo tempo, quando Doku levou para o meio e bateu forte, da entrada da área, no cantinho, contando com a falha do goleiro Onana, que espalmou para dentro do gol, para botar fogo no jogo. Só que nos acréscimos os comandados de Pep Guardiola não conseguiram encontrar outro gol, tendo de se conformarem com o 13º título do Manchester United na Copa da Inglaterra.

App Gazeta

Confira notícias no app, ouça a rádio, leia a edição digital e acesse outros recursos

Aplicativo na Google Play Aplicativo na App Store
Aplicativo na App Store

Relacionadas