Seleção do Uruguai registra novos casos de Covid-19

Derrotada ontem pelo Brasil, equipe já soma dez infectados

Menos de 24 horas após a derrota do Uruguai para o Brasil pelas  Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo do Catar, a Associação Uruguaia de Futebol (AUF) revelou que dois jogadores e cinco membros da delegação testaram positivo para o novo coronavírus (covid-19). Entre os atletas, estão os atacantes Diego Rossi e Alexis Rolin, relacionados para a partida da noite de ontem (17). 
Os demais infectados anunciados nesta quarta (18) são o médico Alberto Pan, o preparador físico assistente Jorge Reis, o especialista em Cinesiologia Richard López, o integrante da AUF TV Emiliano Aguirre, e Víctor Britez, do departamento de vestuário. De acordo com a AUF, todos os infectados passam bem e já cumprem isolamento social.
Antes do embate contra o Brasil, a seleção do Uruguai já havia anunciado três atletas positivos para covid-19 - Matías Viña, Luís Soares e Rodrigo Muñoz -, além do funcionário Matías Faral. 
Após vitória por 2 a 0 sobre a seleção Celeste, na capital Montevidéu, o Brasil totalizou 12 pontos, e segue dividindo com a Argentina a  liderança das Eliminatórias Sul-Americanas.